Teve início na tarde desta quinta-feira, dia 4, o Seminário Nacional: Rede Cáritas e a Política da Assistência Social, cujo objetivo é estruturar um fluxo de informações na rede que permita o desenvolvimento de ações transformadoras em sintonia local, estadual e nacional junto à Política da Assistência Social. O seminário, que reúne representantes Cáritas de todo o Brasil, ocorre na sede do Secretariado Nacional em Brasília (DF) até o próximo sábado, dia 6.

Para chegar a essa estruturação, durante os três dias de trabalho, os participantes irão conhecer a refletir sobre experiências diferenciadas da Rede Cáritas, analisar a atual conjuntura e definir estratégias de articulação da rede, tudo relacionado à Política da Assistência Social. Além disso, serão debatidas questões como as mobilizações e organização dos fóruns de assistência social, a participação da Rede Cáritas nesses espaços e a articulação da entidade para a Conferência Nacional de Assistência Social que ocorrerá de 16 a 19 de dezembro deste ano, em Brasília.

De acordo com Ademar Bertucci, assessor nacional da Cáritas Brasileira e representante da entidade no Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS), este é um momento de retomada da entidade na discussão sobre a temática. “Depois de um ano ocupando uma cadeira no conselho nacional, vamos reforçar nossa ação e esse seminário vem com um caráter de formação e o início da articulação de uma rede de agentes Cáritas em assistência social.”. Para Bertucci a retomada é importante, pois irá fortalecer a inclusão das lutas de direitos e de desenvolvimento da Rede Cáritas com seus diversos públicos na Política da Assistência Social.

Tivemos três pessoas representando a Cáritas Brasileira Regional Paraná: Célia da Cáritas Foz do Iguaçu; Danilo, da Cáritas Diocesana de Apucarana; Érica da Cáritas Diocesana de Ponta Grossa. O Regional tem como um do seus objetivos específicos trabalhar a Assistência Social.

por Thays Puzzi, assessora de Comunicação da Cáritas Brasileira / Secretariado Nacional

No related posts.