A Rede Nacional dos Centros de Formação em Economia Solidária (Rede CFES) realizará de 9 a 11 de julho, em Santa Maria (RS), o Encontro dos Núcleos Temáticos. De acordo com Luiz Claudio Mandela, assessor nacional da Cáritas Brasileira e coordenador geral do projeto CFES Nacional, os núcleos temáticos – Formação; Finanças Solidárias; Comercialização e Comércio Justo Solidário; e Redes de Cooperação Solidárias – são a espinha dorsal da Rede CFES.

Segundo Mandela, os objetivos do encontro serão construir o percurso formativo dos núcleos temáticos para o resgate e fundamentação das bases teóricas do Desenvolvimento Solidário e Sustentável, além de elaborar um plano de trabalho e construir um termo de referência para a sistematização dos processos formativos. “Um painel que ocorrerá na tarde do dia 9, terça-feira, abordará os núcleos temáticos e sua importância para o fortalecimento da Economia Solidária”, acrescentou.

O encontro, que ocorrerá no Instituto Magnificat (Legião de Maria), antecede o 2º Fórum Social e 2ª Feira Mundial de Economia Solidária, um tradicional evento que ocorrerá no município gaúcho. Em 2013, a Feira de Santa Maria, como é conhecida popularmente, ocorrerá de 11 a 14 de julho, e contará com as comemorações dos 10 anos da Secretaria Nacional de Economia Solidária (SENAES), do Fórum Brasileiro de Economia Solidária (FBES), e da Rede de Educação Popular (RECID), e dos 30 anos de Economia Solidária da Rede Cáritas Brasileira.

Articulado nacionalmente pela Cáritas Brasileira, o CFES Nacional é um projeto da Secretaria Nacional de Economia Solidária/Ministério do Trabalho e Emprego (SENAES/MTE), que teve início em 2009. Em 2013, a parceria entre a entidade e o governo que firmaram convênio até 2015, dá continuidade aos processos de articulação e formação.

Serviço:

O que: Encontro Nacional de Núcleos Temáticos da Rede Nacional CFES

Quando: de 9 a 11 de julho de 2013

Onde: INSTITUTO MAGNIFICAT (Legião de Maria) – Rua Ernesto Becker, 1786 – Centro. Santa Maria | RS – Brasil.

Saiba mais

Entenda a proposta dos Centros de Formação em Economia Solidária

Economia Popular Solidária (EPS)

É uma estratégia de desenvolvimento sustentável e solidário fundamentada na organização coletiva de trabalhadores e trabalhadoras com interesse de melhorar a qualidade de vida por meio do trabalho associado, cooperativado ou mesmo em grupos informais. É ainda uma maneira de combater as desigualdades do atual sistema e de construção de outro modo de produzir, consumir e de pensar as relações entre as pessoas.

por Thays Puzzi, assessora de Comunicação da Cáritas Brasileira / Secretariado Nacional

No related posts.