Na última sexta-feira, a equipe do Centro de Referência em Direitos Humanos Dom Helder Câmara participou da Caravana de Educação em Direitos Humanos, que esteve em Curitiba. De acordo com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, “um dos objetivos da caravana é integrar os movimentos sociais, grupos coletivos, pessoas, entidades, instituições e demais, para atividades educadoras levando os temas e campanhas surgidas do Fórum Mundial de Direitos Humanos (FMDH). Entre as ações, são colhidas escutas dos grupos vulneráveis e em situação de violação de direitos. A proposta é criar um espaço aberto, plural e inclusivo para todos os grupos”.

O encontro aconteceu no Memorial de Curitiba – Largo da Ordem – e iniciou com a integração entre as entidades e instituições da sociedade civil. Na roda de conversa estiveram representantes de vários segmentos: LGBT; Pop Rua; da pessoa com deficiência; da pessoa idosa, da criança e do adolescente; do MST, entre outros.

Dentre as autoridades presentes, destaca-se a Ministra Chefe de Direitos Humanos, Ideli Salvatti – a qual enfatizou a importância do encontro nos diversos espaços de atuação em direitos humanos -; o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, que destacou a relevância de debates como este dentro do processo de discussão sobre os direitos humanos em Curitiba e também a Presidente da Fundação de Ação Social de Curitiba, Marcia Oleskovicz Fruet.

Foto: CRDH PR

“Durante a caravana, além de falas interessantes sobre a importância da atuação nos espaços que lutam pelos direitos humanos, houve momentos em que os participantes da sociedade civil e também as autoridades – como a Ministra Chefe de Direitos Humanos – puderam atuar em rodas de conversa; ouvindo as manifestações acerca da atuação de cada um na luta pelos direitos humanos em ambientes diversos e também manifestando os desafios e obstáculos presentes na caminhada”, relata a coordenadora do CRDH Dom Helder Câmara, Tailaine Costa de Andrade, que esteve presente na mesa do evento como representante da sociedade civil.

Como continuidade da Caravana, dia 17 de outubro haverá um encontro para debater o Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos do Estado do Paraná.

Foto: CRDH PR

Por Rafaela Bez, estudante de jornalismo e voluntária de comunicação da Cáritas PR.

 

No related posts.