O Centro de Referência em Direitos Humanos Dom Hélder Câmara estará realizando um seminário sobre direitos humanos e direito a cidade. O tema é “Direitos Humanos: rompendo fronteiras e desencontros, questionando e ocupando espaços, as possibilidades de transformação da vida”.

Será nos dias 24 e 25 deste mês, em Curitiba.

Com emissão de certificado.

Link para inscrições: https://docs.google.com/a/caritas.org.br/forms/d/1_lkJtfxuedBZEezwT0X4A4mX_pbw4WeWL5FxLbYe9Rs/viewform?c=0&w=1

PROGRAMAÇÃO:

Dia 24.11.2014 – início às 9h

Abertura cultural

Direitos Humanos: rompendo fronteiras e desencontros, questionando e ocupando espaços, as possibilidades de transformação da vida.

10h – Morar, Conviver e se Relacionar, Participar e se Organizar, Expressar-se, Ocupar os Espaços Públicos: em debate, os Direitos Humanos e o Direito à Cidade.

Fala de abertura sobre os dados de Direitos Humanos

Palestrantes:

Alessandra Miranda – Cáritas Brasileira

Thiago Bagatin – professor de psicologia da PUCPR, presidente do Sindicato dos Psicólogos do Paraná.

Giovanna Bonilha Milano – advogada, mestre e doutoranda em Direito pela Universidade Federal do Paraná e sociacooperada da Ambiens Sociedade Cooperativa.

12h – almoço

13:30 – Abrindo espaços nas cidades: o direitos a morar e a ocupação do espaço público.

Intervenção cultural

Fala com dados sobre os conflitos na cidade

Luana Xavier Pinto Coelho – advogada da Terra de Direitos

Movimento de moradia

Leonildo José Monteiro Filho – Coordenador Nacional do Movimento Nacional da População de Rua. Agente Social  do Centro Nacional de Defesa de Direitos Humanos da População de Rua e Catadores de Matérias Recicláveis. Conselheiro Estadual de Defesa de Direitos Humanos do Paraná. Conselheiro Municipal de Assistências Social de Curitiba. Conselheiro Nacional de Direitos Humanos. Membro do Comitê Intersetorial de Acompanhamento e Monitoramento da Politica Nacional para População de Rua.

16h – café

16:30 – “Como que eu faço se não sei falar sua língua”: rompendo fronteiras na construção da solidariedade entre os povos e na garantia de direitos.

Intervenção cultural

Fala sobre os fluxos internacionais

Mariana Duarte – Psicóloga Graduada e pos graduada pela PUC – PR. Mestranda em Psicologia clinica pela UFPR. Colaboradora do projeto de extensao da UFPR de apoio a migrantes e refugiados.

Elizete Santana – assistente social, membro do comitê estadual de migrantes e refugiados

19:30 – noite cultural

 _______________________

Dia 25.11.2014

9h – “Que nada nos defina”: superar os desencontros nas relações de gênero e promover os direitos humanos

Abertura cultural

Fala sobre os dados de gênero

Nanci Stancki da Luz – docente e vice-coordenadora do Programa de Pós-graduação em Tecnologia (UTFPR); coordenadora do Núcleo de Estudos sobre Gênero e Tecnologia (GETEC/UTFPR); advogada; membro da Comissão de Estudos sobre Violência de Gênero da OAB/PR.

Promotoras Legais Populares – projeto popular de empoderamento e multiplicação da luta feminista que se propõe a contribuir para a igualdade de gênero e de direitos.

Andreia Lais Cantelli – Professora de História e geografia da rede estadual do Paraná. Cursista de Gestão em Gênero e Raça – UFES. Coordenadora do Transgrupo Marcela Prado – Associação de TRavestis e Transexuais de Curitiba. Secretária nacional de Travestis e Transexuais da ABGLT.

12h – almoço

13:30 – A Construção da Juventude: menos violência, mais perspectivas, mais vida. “chega de violência e extermínio de jovens.

Intervenção cultural

Fala sobre dados da juventude

Jandicleide Lopes – professora da Secretaria Estadual de Educação, doutora em Educação pela UFPR e Coordenadora do Projeto Escola que Protege.

Cezar Bueno de Lima – professor Adjunto da Pontifícia Universidade Católica do Paraná/Campus Curitiba, com ênfase em Sociologia e Sociologia contemporânea, atuando nos seguintes temas de pesquisa: Globalização, Estado e sociologia urbana juvenil.

Geraldo Pires – Educador Social, com trajetória oriunda da Pastoral da Juventude em Porto Alegre e Curitiba. Foi articulador da Casa da Juventude do Paraná e colaborador da área de elaboração de projetos financeiros e planejamento na ONG Trilha Cidadã, em São Leopoldo/RS. Atualmente é sócio-fundador do Instituto Catarinense de Juventude, integrante do Conselho Fiscal.

16h – Café

16:30 – Considerações finais e avaliação

Inscrições até 20.11.2014!

No related posts.