No dia 23 de setembro aconteceu o “II SEMINÁRIO INTERNACIONAL DA TRÍPLICE FRONTEIRA: Campanha da Fraternidade 2015 e Tráfico de pessoas”, em Foz do Iguaçu, realizado pela Cáritas Paraná e pela Cáritas Foz do Iguaçu, com o apoio da Itaipu. O evento é uma continuidade do seminário que ocorreu em novembro do ano passado e debateu as temáticas de fome, Direitos Humanos e tráfico de pessoas.

A primeira temática trabalhada foi a Campanha da Fraternidade 2015, resgatando a trajetória das campanhas, sua origem e seu objetivo atual. Com a temática “Igreja e sociedade” e o lema “Eu vim para servir”, o painelista, Pe. Fábio Welter – presidente da Cáritas Foz do Iguaçu – destacou a importância da atuação da Igreja em prol do bem viver.

O Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, na pessoa da coordenadora sra. Silvia Xavier, apresentou os dados do Paraná, bem como comentou a atuação do núcleo e as ações desenvolvidas, destacando a atuação prevenção, conscientização sobre o tema e atendimento às vítimas.

Como forma de apresentar as experiências existentes na região, os grupos Luna Nueva – representado pelas sras. Blanca Sosa e Rossana Ríos – e Pair Mercosul – sra. Suely Regina Firman Ruiz – , explanaram suas ações no combate ao tráfico de pessoas, com enfoque na condição de crianças e exploração sexual, aquela relatando a situação do Paraguai.

À tarde, a planária foi dividida em dois grupos para aprofundara s propostas que foram realizadas no I Seminário. Dos apontamentos, ambos pontuaram a necessidade de articular a rede que atua no combate ao tráfico de pessoas e a necessidade de um posto avançado de enfrentamento ao tráfico na região oeste do Paraná.

Como gesto concreto do seminário, as pessoas e instituições presentes firmaram o compromisso de articular um fórum sobre a questão do tráfico de pessoas na região oeste do Paraná, articulação para formação da rede e para cobrar dos órgãos governamentais ações mais concretas na região.

No related posts.