Iniciado em agosto de 2015, o projeto Fortalecimento da Economia Solidária no Brasil, da Cáritas financiado pela Comunidade Europeia, tem por objetivo contribuir na consolidação da Economia Popular Solidária no Brasil.

Os três primeiros meses de trabalho, foram para etapa de sensibilização. Período destinado à mobilização de empreendimentos de economia solidária (ESS) para apresentação de propostas de projetos, bem como a realização de oficinas sobre economia solidária em seis regiões do estado pela Cáritas Paraná – em cada região foram realizadas quatro etapas. De todo o estado do Paraná, 53 propostas foram apresentadas, sendo que destas, 4 foram selecionadas – havendo possibilidade de posteriormente outras serem selecionadas.

Este mês (novembro) o projeto inicia sua segunda fase, etapa destinada a elaboração dos projetos, cuja as propostas foram selecionadas e envio de documentação dos EES contemplados. Para auxiliar nesse processo serão realizadas oficinas junto aos EES. Essas oficinas serão sobre planejamento do projeto, definição de indicadores e construção do modelo de gestão, com o objetivo de orienta-los para elaboração do projeto definitivo. Está prevista no projeto, uma única oficina presencial por ESS cuja proposta fora escolhida, conforme aconteceu no dia 09/11 em Paranacity com representantes da “Associação de Mulheres do Assentamento Santa Maria”. As próximas acontecerão em Serranópolis do Iguaçu com a “Associação dos Separadores de Materiais Recicláveis” (11/11); em Cascavel com o “Coletivo Caleidoscópio” (12/11); e em Ivaiporã com a “Cooperativa de Materiais Recicláveis de Ivaiporã – COPEMARI” (17/11). Junto as oficinas destinadas a elaboração do projeto, são realizadas oficinas de formação sobre economia solidária.

A primeira oficina desta segunda fase aconteceu em Paranacity com representantes da Associação de Mulheres do Assentamento Santa Maria, no dia 11/11/2015. 

Por Leoncio Santiago.

No related posts.